A importância do profissional de Psicologia para contratações acertadas A importância do profissional de Psicologia para contratações acertadas – Hospital da Baleia

A importância do profissional de Psicologia para contratações acertadas

Postado em 27 de agosto de 2020

Diversidade corporativa: Hospital da Baleia tem colecionado diferentes histórias que reforçam o trabalho diferenciado do RH da instituição. Refugiados, ex-morador de rua, ex-presidiário e transexuais são exemplos de admissões realizadas pelo Baleia

Betzaida, Venezuelana, trabalhava como policial no seu país e agora atua como segurança. Rose Carlini é Haitiana, está no Brasil há 8 anos, já trabalhou como auxiliar de cozinha e atualmente integra a equipe de limpeza junto com a Maria Esther, também Venezuelana. Denirée Gonzalez também é da Venezuela, onde estudava medicina, e tem atuado na lavanderia hospitalar. Além de migrantes, o que elas têm em comum com o ex-morador de rua Antônio Medeiros Júnior, com um ex-presidiário e um transexual é o perfil diverso e a recente contratação pelo Hospital da Baleia. Todos eles integram o quadro de colaboradores da instituição.

Durante a pandemia, muito tem se falado sobre a importância do profissional de psicologia nas instituições de saúde, para oferecer suporte psicológico aos pacientes e seus familiares, assim como aos colaboradores. Mas no Dia do Psicólogo, celebrado em 27 de agosto, Tereza Guimarães Paes, psicóloga e diretora-presidente do Hospital da Baleia – referência médico-hospitalar em Minas Gerais – destaca a relevância da atuação da psicologia no Recursos Humanos da instituição. Ela, que fundou o serviço de Psicologia Hospitalar no Hospital da Baleia há quase 30 anos e o coordenou por 8, orgulha-se da diversidade nas contratações e do ambiente de trabalho saudável construído diariamente pelo setor de RH. “A atuação da psicologia no Recursos Humanos vai muito além do processo de contratação e demissão. O foco está nas pessoas. E isso inclui diversas outras atividades como, por exemplo, cuidar do clima organizacional e oferecer apoio ao colaborador.” 

A equipe da Psicologia Hospitalar do Hospital da Baleia apoia pacientes e familiares

No hospital, a equipe do RH é toda formada por psicólogas que têm total liberdade para atuar nos diferentes campos da psicologia, inclusive nas contratações. “De todas as empresas que já trabalhei, o Hospital da Baleia é a que mais dá liberdade para trabalhar. Temos muita autonomia e incentivo à diversidade. E isso faz com que o nosso olhar não tenha limites, não tenha preconceitos. O Hospital tem na sua essência o acolhimento, não só a assistência. O próprio público que atendemos, que é um público mais carente, nos faz ter esse olhar diferenciado, mais humano e mais acolhedor. E isso nos rende boas histórias e um orgulho muito grande em fazer parte desta Instituição”, comentou a analista de RH, Nitaly Tuany de Oliveira Alves.

Dia do Psicólogo
A equipe do Recursos Humanos do Hospital da Baleia é toda formada por psicólogas

Ela conta que o processo de seleção dos refugiados foi complexo devido à dificuldade com a língua e nesse período de pandemia, o uso da máscara dificultou ainda mais a comunicação e o entendimento. “Além disso, teve a questão da documentação deles que é bem diferente e o Departamento Pessoal teve muito trabalho para organizar tudo e conseguir encaixá-los dentro da nossa legislação trabalhista”, comentou a psicóloga. Todos eles estão no período de experiência, mas vêm se destacando nas ocupações.

Segundo a coordenadora de Recursos Humanos e Educação Continuada, Karine Ribeiro, a psicologia tem papel fundamental nas contratações de pessoas para atuar na área da saúde. “Para que os profissionais da área da saúde possam atender pessoas e cuidar bem delas, é essencial ter habilidade para lidar com diferentes tipos de perfis, prezar pelo respeito e ter uma visão humanizada, isso significa ter a capacidade de olhar para o outro com compaixão às dores e necessidades que ele vive. O nível de responsabilidade e senso de urgência também são competências importantes para quem trabalha na área, uma vez que cuidar de vidas é a nossa maior missão”, explicou a psicóloga.

Para a analista de RH, Gabriella Bethônico, o maior desafio de atuar com contratações para o hospital é selecionar profissionais preparados para trabalhar numa rotina de sofrimento e perdas. “Selecionamos profissionais para salvar vidas! Para trabalhar num hospital é preciso se sensibilizar com a dor do outro e ao mesmo tempo ter controle emocional porque, perdas acontecerão, mas a equipe precisa ser forte e continuar o trabalho porque outros pacientes precisam de cuidado”, comentou.

E fazer essa seleção em meio a pandemia não tem sido fácil, segundo ela. “Nosso processo de seleção tem sido feito, na grande maioria, de forma remota. Utilizamos ferramentas para entrevistas por vídeo, assim o candidato só vem até o RH na última etapa do processo seletivo. Isso é uma forma de preservar tanto a saúde dele quanto a da nossa equipe também”, contou a psicóloga.

Referência em saúde e humanização

À disposição dos mineiros, são mais de 26 especialidades médicas e Centros de Referência em Oncologia Adulta e Pediátrica, Nefrologia (Hemodiálise e Transplante Renal), Ortopedia, Pediatria e Cirurgia Bariátrica e Metabólica, além do Tratamento e Reabilitação de Fissuras Labiopalatais e Deformidades Craniofaciais (Centrare). Construído há 76 anos durante uma outra epidemia tão mortal quanto – a tuberculose – o Baleia sempre se preocupa em cuidar de quem mais precisa. Desde aquela época, a instituição filantrópica conta com a destinação de recursos e doações voluntárias para a cumprir com excelência a sua missão na prestação de serviços de saúde aos mineiros. Todos os anos, são mais de 600 mil procedimentos médicos, de 95 mil atendimentos ambulatoriais, de 370 mil exames, de 55 mil sessões de hemodiálise, de 20 mil consultas pediátricas, de 12 mil internações, de 11 mil cirurgias e mais de 33 mil sessões de quimioterapia e radioterapia destinados aos cidadãos de 88% dos municípios mineiros – maioria vinda pelo Sistema Único de Saúde (SUS).

Siga as redes sociais do Hospital da Baleia

Instagram: https://www.instagram.com/hospbaleia/

Facebook: https://www.facebook.com/hospitaldabaleia

Site: https://hospitaldabaleia.org.br/

Youtube: https://www.youtube.com/hospitaldabaleia

Twitter: http://www.twitter.com/hospbaleia