Empresas abraçam o Hospital da Baleia e adotam um leito

A pandemia da COVID-19 suspendeu consultas e cancelou cirurgias eletivas, situação que afetou diretamente a receita das instituições de saúde que já têm que lidar com uma tabela desatualizada do SUS há mais de 20 anos.

É o caso do Hospital da Baleia, instituição de saúde que atende mais de 95% via Sistema Único de Saúde (SUS). A chegada do coronavírus impactou a produtividade do hospital. Até mesmo tratamentos que não podem ser suspensos, como é o caso do oncológico e a hemodiálise, registraram queda no número de atendimentos.

 No que se refere aos tratamentos oncológicos, como quimioterapia, radioterapia e hormonioterapia, o Baleia teve uma queda de 31% na produção. Já no Centro de Nefrologia, o hospital realizou cerca de 10% menos atendimentos na hemodiálise, se comparado com o mesmo período do ano anterior.

E é na tentativa de melhorar a sua situação financeira e impedir que a qualidade dos atendimentos seja comprometida que a Instituição precisa de doadores recorrentes. Por isso, o Hospital da Baleia tem recorrido a empresas e pessoas físicas para abraçar projetos como o Adote um Leito, que busca viabilizar a manutenção de um leito de internação de forma plena ou parcial.

Atualmente, o Hospital da Baleia conta com quase 200 leitos e parceiros importantes têm abraçado essa causa e adotado um leito. São eles: Dox Brasil, MartMinas Atacado e Varejo, Supermercados BH, Perfa Alimentos, Pirahy Alimentos, Café Três Corações, Cera Ingleza, Construtora Você, Fosforeira Fóbras, Movida, Sesc Mesa Brasil, Superluna e 90Ti.

Para a gerente de mobilização e recursos do Hospital da Baleia, Danielle Ferreira, a pandemia afetou diretamente a renda dos brasileiros e isso tem feito com que menos pessoas doem para o Hospital. “A maioria dos nossos doadores são pessoas físicas e classe C. Elas também foram muito afetadas com a pandemia e tiveram sua renda bastante comprometida. Isso refletiu diretamente em nós. Até mesmo em ações menores, como o Doe seu Troco, tivemos uma queda significativa nas doações. Então pedimos que a população continue olhando para o Hospital da Baleia e faça como essas empresas que adotaram um leito e têm nos ajudado a manter os nossos atendimentos com a mesma qualidade”.

Para saber como ajudar, entre em contato pelo (31) 3489-1654/1680 ou rededeamigos@hospitaldabaleia.org.br.

Referência em Saúde

À disposição da população, são 30 especialidades médicas tendo como referências, os Centros de Oncologia Adulta e Pediátrica, Nefrologia (Hemodiálise e Transplante Renal), Ortopedia, Pediatria e Cirurgia Bariátrica e Metabólica, além do Tratamento e Reabilitação de Fissuras Labiopalatais e Deformidades Craniofaciais (Centrare). Todos os anos são feitos em média, 1,2 milhão atendimentos a pacientes de 88% dos municípios mineiros – sendo 95% pelo Sistema Único de Saúde (SUS). Fundada há 76 anos, a instituição conta com recursos financeiros e doações voluntárias para cumprir com excelência a sua missão na prestação de serviços de saúde aos mineiros.

Posts Relacionados

Um novo olhar para o câncer

Pelo 3º ano consecutivo, Hospital da Baleia e fotógrafo voluntário realizam ensaio para pacientes em tratamento oncológico Projeto Poderosas –

Leia mais »

Faça parte da nossa rede de solidariedade!